Vivass - Assessoria e Comunicação

/ Blog / Blog

23 de abril de 2021

Grupo Boticário anuncia plano de gestão de resíduos para gerar impacto socioambiental positivo até 2030

Metas incluem solucionar 150% de todo resíduo sólido gerado pela cadeia produtiva da empresa e promover iniciativas sociais para 1 milhão de brasileiros

O Grupo Boticário, o maior varejista de beleza do Brasil, anuncia hoje um plano ambicioso, “Compromissos para o Futuro”, que prevê ampliar o impacto positivo para a sociedade até 2030 por meio da gestão de resíduos. Ao todo, o grupo assume 16 compromissos socioambientais em duas grandes frentes: inspiracionais e estratégicas.

A primeira reúne metas ambiciosas para transformar a relação da sociedade com os resíduos. São elas: I – Mapear e solucionar 150% de todo resíduo sólido gerado pela nossa cadeia; II – Reduzir a desigualdade social de 1 milhão de brasileiros transformando a realidade da gestão de resíduos no Brasil.

Já a segunda é composta por 14 compromissos estratégicos, organizados em quatro pilares de atuação: I – Neutralizar impacto ambiental; II – Potencializar a conservação da biodiversidade; III – Impulsionar a beleza transparente; e IV – Alavancar a diversidade e inclusão. Todos os compromissos estão reunidos na plataforma “Uma Beleza de Futuro”.

“Os próximos dez anos serão desafiadores. Nosso compromisso é reflexo do que já temos feito há 44 anos e do que acreditamos que seja o nosso papel como empresa. Temos uma longa atuação a favor da sustentabilidade e da conservação ambiental. ESG não é uma agenda nova para nós, mas os novos tempos apresentam cenários complexos que exigem um comprometimento ainda maior e, por isso, estamos avançando na agenda social, deixando um legado que vai muito além da nossa cadeia”, afirma Artur Grynbaum, vice-presidente do Conselho de Administração do Grupo Boticário.

AMBIENTAL: Gestão de Resíduos Sólidos

Para solucionar todo resíduo sólido até 2030, o Grupo Boticário acredita que os resíduos devem ser repensados em toda cadeia de valor, buscando formas inovadoras de potencializar a economia circular. Por isso, a empresa vai priorizar esforços em alavancas em que já tem conhecimento, atuando em três frentes transversais: I – Circularidade; II – Sustentabilidade em toda cadeia de valor; III – Inovação em produtos e serviços.

Nos próximos dez anos, a empresa se responsabilizar por reduzir, reutilizar e reciclar o equivalente a 150% de todo o resíduo sólido gerado em sua cadeia de valor. Potencializar os investimentos em circularidade – que reúnem os 3 R’s: redução, reutilização, e reciclagem de materiais e energia – será fundamental.

Na frente de redução, um exemplo a ser replicado é o do Malbec. Com investimentos em inovação, o Grupo Boticário passou a reutilizar vidro pós-consumo em suas embalagens. Em 2020, foram vendidas mais de 14 milhões de unidades do produto, hoje um dos itens de perfumaria mais vendidos do mundo. Apenas com esse item, houve redução do volume de vidro virgem utilizado, eliminando 93 toneladas do material. Esse volume somado às iniciativas de redução de gramatura do vidro – que ultrapassam 210 toneladas – corresponde a uma redução de resíduos equivalente ao lixo gerado por 300 mil brasileiros em um dia.

A ampliação do programa de logística reversa própria para todas as marcas e canais de venda é uma das iniciativas de reciclagem. Desde 2006, a empresa possui inciativas proprietárias de logística reversa com mais de 4 mil pontos de coleta distribuídos por 1.751 municípios. É o maior programa de logística reversa em pontos de coleta de uma empresa do Brasil.

Além da circularidade, a empresa irá utilizar a força de seu ecossistema para estimular sustentabilidade em toda cadeia de valor.  Do lado de inovação com parceiros, está o Eco Álcool – produzido a partir do bagaço da cana e outros resíduos de biomassa – que estará presente em 100% das fragrâncias produzidas a partir de 2021, resultando não só no reaproveitamento de resíduos, mas também em 30% de redução na pegada de carbono em relação ao álcool tradicional.

Em sua operação de fabricação e distribuição, o Grupo já atingiu 96,9% de reciclagem em 2020, e continuará a jornada para alcançar 100%, além de investimento em iniciativas de redução na geração de resíduos.

Nas operações de varejo, o plano é potencializar lojas e pontos de venda como vitrine de sustentabilidade, aproximando a experiência de reciclagem do consumidor. Atualmente, além de peças de mobiliário, a empresa conta com uma loja sustentável feita de resíduos plásticos. A iniciativa será expandida, contribuindo com a reciclagem e o futuro do planeta.

E, por fim, essas frentes serão pautadas pela inovação em produtos e serviços que é transversal ao negócio. O Grupo Boticário irá repensar todo seu portfólio priorizando a não geração de resíduos (desmaterialização). Essas iniciativas já fazem parte da estratégia da empresa: existem refis para inúmeras linhas como as loções de Nativa Spa e Cuide-se Bem, de O Boticário, que utilizam 69% menos plástico que o frasco tradicional. O plano prevê ampliar a refilagem para linhas de perfumaria.

O portfólio será ainda mais reciclável com o lançamento de maquiagens monomateriais em 2022 e com o aumento do material reciclado em embalagens. O portfólio atual já contempla embalagens produzidas com 100% de material reciclado, como o hidratante Nativa Spa Orgânico e Loção Hidratante Intense da Eudora. A empresa também está estudando o uso de materiais alternativos, como biodegradáveis ou hidrossolúveis.

SOCIAL: Gestão de Resíduos como fonte de renda

O desafio ambiental caminha lado a lado com o social. Por isso, o Grupo Boticário também se compromete a reduzir a desigualdade social de 1 milhão de brasileiros transformando a gestão de resíduos no país até 2030. São frentes prioritárias de atuação: I – resíduos como fonte de renda; II – capacitação e empreendedorismo.

Cerca de 1 milhão de toneladas de vidro são descartados e uma quantidade pequena retorna ao mercado em razão do baixo apelo econômico da matéria-prima frente a outros insumos como o plástico. Hoje o vidro representa 60% do peso das embalagens que o Grupo Boticário coloca no mercado anualmente. Paralelo a isso, segundo Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis, existem mais de 800 mil catadores no Brasil, e 70% são do gênero feminino. Diante desse cenário, o grupo irá incentivar a coleta, reutilização e reciclagem do produto.

A empresa estima gerar renda para os catadores ao inserir a matéria-prima reciclada em seus produtos. Um exemplo é o Malbec, cuja embalagem é composta por vidro reciclado. Apenas com esse produto, a empresa estima devolver mais de 90 toneladas ao ano para o mercado “Se há quem compra vidro, existe quem o colete e ele pode gerar riqueza”, afirma Fernando Modé, CEO do Grupo Boticário.

Desde 2004, o Grupo Boticário promove projetos de grande impacto social por meio do Instituto Grupo Boticário. Nos próximos anos, a instituição irá replicar projetos bem-sucedidos, estendendo a atuação para cooperativas e catadores. Um exemplo é o Empreendedoras da Beleza.


Lançado em 2020, o programa promoveu capacitação e auxílio financeiro para mais de 11 mil mulheres cis e trans que trabalham por conta própria na área da beleza, e estão em situação de vulnerabilidade social. Desde então, o grupo contribuiu para alavancar a geração de renda de mais de 50% das participantes.

O Programa Desenvolve também será uma alavanca importante na esfera social. O projeto, que oferece cursos profissionalizantes em tecnologia para pessoas de baixa renda, terá sua dinâmica ampliada para contemplar alunos oriundos de famílias que atuam com gestão de resíduos. Ambas as iniciativas terão seus públicos de atuação ampliadas para atender pessoas em vulnerabilidade social do segmento de gestão de resíduos.

Diversidade Inclusão e Equidade  

Para garantir a representatividade de grupos minorizados nos cargos de liderança, o Grupo Boticário também assumiu compromissos de Diversidade, Inclusão e Equidade. A iniciativa contempla metas de representatividade de mulheres e pessoas negras em todos seus níveis internos.  Até 2023, a empresa terá 50% de colaboradores negros e 25% das lideranças corporativas negras. Em 2025, a meta prevê 50% de mulheres na diretoria.

GOVERNANÇA: Novo Comitê de Diversidade e Sustentabilidade

Além de criar diversas iniciativas que impactam positivamente a sociedade, o Grupo Boticário também avança em governança corporativa. A companhia criará um Comitê Executivo voltado exclusivamente para a discussão estratégica de Diversidade e Sustentabilidade, além de garantir o acompanhamento e cumprimento dos compromissos assumidos até 2030.

“O caminho é longo, e anunciamos hoje nosso ponto de partida. São os primeiros passos, mais oportunidades e projetos estão sendo mapeados com a ajuda de quem entende. Acreditamos na cooperação para transformar. Nossa linha de chegada será em 2030, com um legado para a sociedade. O único impacto que aceitamos gerar é o positivo”, conclui a CEO do grupo, Fernando Modé.

Saiba mais em umabelezadefuturo.com.br